Quarta-Feira, 16 de Abril de 2014
Notícias
Casas populares em Ituiutaba podem ultrapassar 3.600 unidades

O prefeito de Ituiutaba, Luiz Pedro Corrêa do Carmo, ao assinar na quarta-feira, 21/9, o termo de ajuste com a Caixa Econômica Federal para a construção de mais 2.047 casas populares, ressaltou que é mais um compromisso assumido com a população que está sendo resgatado. A assinatura ocorreu na Superintendência Regional da Caixa, em Uberlândia, entre o prefeito Luiz Pedro e o superintendente José Geraldo Sales.

O investimento para esta segunda etapa do maior programa habitacional da história de Ituiutaba, segundo o prefeito Luiz Pedro, é de 100 milhões de reais. “Ituiutaba foi uma das primeiras cidades a aderir ao Programa Minha Casa, Minha Vida e também uma das primeiras a entregar as casas às pessoas contempladas. Queremos iniciar esta segunda etapa possivelmente em janeiro de 2012”, afirmou o prefeito.

Em outubro de 2009 foi assinado o convênio entre a Prefeitura de Ituiutaba e a Caixa Econômica Federal para a construção das 328 casas do Residencial Buritis e as mil casas do Residencial Canaã. “Eu e o Dr. Públio assumimos o compromisso de trabalhar para dar mais dignidade e qualidade de vida para a população. E é isso que estamos fazendo, com muito trabalho e o apoio da nossa gente. Por isso começamos o asfaltamento nos bairros, estamos concluindo a canalização do Córrego São José e agora vamos construir mais casas, entre outras obras”.

A administração entregou em setembro do ano passado 232 casas populares construídas em parceria com a Companhia de Habitação de Minas Gerais (Cohab-MG) e doou as 84 casas construídas por meio do Programa de Habitação de Interesse Social (PHI), do Governo Federal. Em março deste ano foram entregues as 328 casas do Residencial Buritis. 500 casas do Residencial Canaã têm previsão para ser entregues no próximo mês de outubro. Em 2010 a Prefeitura de Ituiutaba e a Caixa fizeram mais de 2 mil casas. Dessas, 1.644 foram casas para quem ganha até 3 salários mínimos e mais de 200 financiamentos para quem tem renda maior.  

26/09/2011
Fonte: ASCOM
<< voltar